Sempre Crente

O Brasil desceu além do chão
Desceu tanto, mas tanto
Viemos parar nos quintos

Aqui tá cheio, porque Crente
De inferno entende
Críticas, mármores, fogo…

A água benta não consegue
Apagar o incêndio na Amazônia
Nem em São João da Boa Vista

Crendeuspai!

O Brasil está vendo o quão patriota é
O cidadão de bem conservador
Mas não podemos generalizar
Afinal, a bala que matou o pastor
Saiu da armada esposa pastora

Ô, Glória!

Na frente do hospital estava lá, o Crente
Impedindo o aborto
De uma criança inocente
Estuprada por um ente

Misericórdia!

E o congresso, indecente, perdoou
A dívida de 1 bilhão das igrejas evangélicas
As ovelhas, em chamas, desdém
Enquanto Deus chora
Eles gritam ALELUIA, AMÉM.

_
Diego Rbor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s